Conservação dos alimentos

DSCF9872

Do carrinho de compras à geladeira

Para uma boa conservação dos alimentos, não basta observar a data de validade e as características físicas dos produtos. É preciso cuidar deles desde a hora de fazer as compras até ao armazenamento, na geladeira ou na dispensa.

“Dentro do próprio carrinho de supermercado, um produto congelado pode pingar sobre uma fruta e um saco de arroz pode danificar seriamente uma caixinha de creme de leite. Alimentos mal conservados podem fazer muito mal às pessoas”, alerta a nutricionista Patrícia Souza, que atua na Hortifruti Cachoeiro.

Dicas importantes:

Montando o carrinho: separe os produtos de limpeza das comidas e só pegue os congelados, resfriados ou refrigerados quando for para o caixa.

Passando no caixa: passe primeiro os produtos mais pesados, para sempre mantê-los separados dos frágeis.

Levando para casa: se possível, deixe os congelados, resfriados e refrigerados em caixa ou bolsa térmica.

Guardando: guarde primeiro o que precisa ter a temperatura mantida.

Geladeira: aproveite os espaços indicados pelo fabricante, colocando os frios no lugar apropriado, os alimentos cozidos na parte de cima, as verduras e os alimentos crus na parte mais baixa.

Comida pronta: nunca guarde panelas na geladeira – elas são só para cozinhar! Potes adequados para este fim lacram melhor, preservando as qualidades dos alimentos.

Atenção aos rótulos: alguns produtos possuem longa validade enquanto fechados, porém, depois de abertos, devem ser consumidos em poucos dias. Siga a recomendação dos fabricantes.